Radar Anticorrupção

Áreas: ,
Autores: , , ,

Postado em: 14/05/2019

Programa Radar Anticorrupção é lançado pelo Ministério da Infraestrutura

O Ministério da Infraestrutura (MI), em iniciativa conjunta com o Ministério da Justiça e Segurança (MJ), a Controladoria-Geral da União (CGU), a Advocacia Geral da União (AGU) e a Polícia Federal (PF), lançou, no início da semana passada, o programa Radar Anticorrupção.

O acordo de cooperação técnica pretende fortalecer e evidenciar o compromisso do governo federal no desmantelamento e prevenção da corrupção no meio público, por meio de um programa de integridade.

Para tanto, o Radar Anticorrupção, que se subordinará à Subsecretaria de Governança e Integridade, comandada pela Delegada da Polícia Federal, Fernanda Oliveira, irá se escorar em quatro pilares.

  • Conexão Integridade. Prevê a integração dos órgãos cooperantes em um canal de compartilhamento de informações em processos de seleção e demais feitos que apurem crimes ou irregularidades administrativas.
  • Profissionais do Progresso. Têm como propósito a adoção de critérios técnicos e éticos para a seleção de profissionais aptos ao desempenho das funções públicas.
  • Canal Transparência. Visa a estimular o reporte de denúncias de práticas de corrupção pelos canais oficiais, com garantia de sigilo do denunciante.
  • Guia de Conduta Ética. Apresenta diretrizes de boas práticas a servidores, com o escopo de difundir os princípios éticos e formas de prevenção de atos de corrupção.

 

Essa iniciativa de compliance governamental reforça a tentativa de se recuperar a credibilidade do setor público por uma política estruturada para a perpetuação de uma cultura de integridade e aprimoramento da gestão de recursos estatais.